A homenagem saudosa da Casa de Shows Feitiço Mineiro dessa vez vai para Adoniran Barbosa (1910-1982)! Ele foi o cantor e compositor brasileiro responsável por grandes sucessos como: “Saudosa Maloca” e “Trem das Onze”.

Seu nome verdadeiro é João Rubinato, mas adota o pseudônimo de Adoniran Barbosa. Adoniran, nome de seu melhor amigo, e Barbosa em homenagem ao cantor Luís Barbosa, seu ídolo. Em suas obras, retrata o cotidiano dos menos favorecidos e as mudanças causadas pelo progresso. Uma de suas últimas composições foi “Tiro ao Álvaro”, gravada por Elis Regina em 1980.

Parafraseando a nossa querida Alessandra Terribili: “Adoniran é um personagem maravilhoso da história do samba!”

No show “Dá licença de contar” em homenagem ao artista, a cantora interpretou diversos sucessos no Palco do Feitiço.

Sem esconder a admiração, a intérprete ainda falou sobre o sambista ressaltando que: “sua irreverência inconfundível, as diversas saudações a São Paulo – através da menção a bairros, ruas, modos de vida -, e, especialmente, sua abordagem da vida da população mais pobre da cidade fazem dele um compositor único”.

Dividindo o palco com Eduardo Souza, outro músico talentoso da cidade, que também é fã e profundo conhecedor da obra de Adoniran Barbosa, o show ainda contou com as grandes feras do samba de Brasília para compor a banda que  fez parte dessa homenagem: Kaio Graco (violão 7 cordas), Nelsinho Serra (cavaquinho), Larissa Umaytá e Luiz Ungarelli (percussão).

Ao terminar sua apresentação com muita música ao vivo aqui na Casa, a intérprete Alessandra que arrancou suspiros e pedidos de “mais um”, Alessandra finalizou: “Cantar Adoniran é bom demais, porque permite jogar luzes sobre o samba da metrópole, com seus percalços e encantos. Sua música ganhou a voz de algumas das maiores cantoras da história da nossa música popular, como Elis Regina, Clara Nunes, Elizeth Cardoso, Clementina de Jesus. Estar nessa companhia é uma honra!”.

Confira as próximas atrações do palco do Feitiço Mineiro!

Programação Musical